Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sweet Haven by Me

Sweet Haven by Me

17
Out17

"Terra"

Fiz o curso de iniciação à pintura em 2010. As primeiras aulas falamos sobre os diferentes materiais, pintamos quadros obrigatórios, iguais para toda a gente e depois cada um escolhia o que queria. 

Este foi o primeiro que pintei :-)

Neste momento tenho-o na sala de estar, na parede em cima da televisão.

17
Out17

Hobbies

Eu sou de números mas adoro artes manuais. No 9ºano fiz os psicotécnicos pois estava super indecisa entre números ou arte e o resultado não foi o melhor: 50% área de economia, 50% área de arte!!! Sim, caso raro mas foi assim! 

Optei por economia e entrei para contabilidade. No entanto as artes nunca me abandonaram :-)

 

Adoro Ponto de Cruz, aprendi por iniciativa própria aos 12 ou 13 anos e nunca mais parei.

Ando a aprender Arraiolos, sozinha, através de revistas e vídeos.

Adoro pintar madeiras.

Frequentei um curso de iniciação à pintura.

Fiz um curso de decoração de interiores.

Fotografia, ai o que eu adoro fotografia e há tanto tempo que não pego na minha máquina.

 

Enfim... O que não tenho é tempo para me dedicar à séria de modo a que os meus trabalhos dessem lucro e fossem um complemento ao orçamento.

 

"Não tenho tempo" é sempre uma ótima desculpa para tudo mas lá está, é uma desculpa e para obter fruto tem de se trabalhar e mostrar trabalho.

 

Com as remodelações que andam a acontecer por casa, montei um mini atelier na marquise do quarto. E agora que já tenho a casita mais composta e destralhada já tenho mais tempo para mim e quero deixar de ter essa desculpa para não fazer aquilo que gosto e aquilo que me faz desanuviar a cabeça de todas as preocupações do dia-a-dia. Depois, há os fins de semana que o BabyG está com o pai e eu fico sozinha e basta de ficar a deprimir no sofá, basta de chorar pelos cantos, à que aproveitar esse tempo para estas coisas.

 

Ando a implementar outra vez o hábito de enquanto estou no sofá a ver junk tv, faço ponto de cruz.

E nos fins de semana que estou sozinha, quero aproveitar as manhãs para pintar, tenho as paredes da sala de jantar despidas e a pedir quadros e tenho um pedido especial para fazer :-) e as tardes quero ir para a rua fotografar, quero dedicar-me a passear e a aprender a mexer na máquina que ainda há tanta coisa que não sei para que serve. 

 

Só espero que esta motivação não se vá embora...

Só espero que a minha cabeça vá ao sítio e me deixe realizar os objetivos...

Já chega de lágrimas e ninguém vai fazer nada por mim, apenas eu própria posso fazer!!

 

Como resultados não aparecem da noite para o dia vou mostrando aqui coisas que eu já fiz :-) Espero que gostem tanto quanto eu :-)

12
Out17

Home Sweet Home...

Pois é... A casa... Foi ele que saiu... Não fui eu... E porquê? Porque a casa é minha já o era antes de namorar com ele... 

 

Perguntam vocês: E porque não arranjaram uma vossa?

Eu respondo: Ele nunca mostrou que se importava com isso, nunca mostrou interesse em procurar uma quando eu lhe dizia que gostava de sair dali e ter a "nossa vivenda"...

 

E sabem que mais...

 

Pelo vistos uma das razões para que o nosso relacionamento não deu certo foi porque ele nunca se sentiu em casa porque a casa não era dele...

Disse-me isto há 3 meses atrás, pouco depois da separação.

Vivemos juntos 6 anos...

 

Pergunto eu: Porque nunca me disse isso antes?

Pergunto eu: Afinal durante estes 6 anos fomos o quê? Duas pessoas a brincar às casinhas?

 

Continuo sem resposta...

11
Out17

Na minha estante #3

Sinopse

«O que farias se tivesses apenas um dia para viver? Até onde irias para salvar a tua própria vida? Samantha tem tudo: um namorado e três inseparáveis melhores amigas. 6ªfeira, dia 12 de Fevereiro, devia ser por isso mais um dia bom na sua vida. Nada faria suspeitar que iria ser o último… Ao viajarem no Range Rover de Lindsay, no meio de cigarros, i-pods, conversas sobre rapazes e ausência de cintos de segurança, o grupo de amigas sofre um brutal acidente, onde Sam encontra morte imediata. Nesse instante, passa-lhe pelos olhos um episódio de crueldade infantil que ela escondera bem no fundo do seu subconsciente. Tarde demais para remediar a situação: Sam sentiu o choque, a dor excruciante, a escuridão a envolvê-la e o mergulho num nada profundo. É, pois, com grande espanto que, na manhã seguinte, Sam acorda na sua cama, perfeitamente viva. Então percebe que teve uma segunda oportunidade. Sete oportunidades, na realidade, e durante sete dias repetidos.» in WOOK.

IMG_20170528_214139_816.jpg

Opinião

Confesso que estes livros em que as personagens principais são adolescentes não são de todo a minha onda. Houve uma altura do livro que só me apetecia andar à estala com ela lol No entanto o livro está muito bom, deixa-nos mesmo a pensar do que mudaríamos se pudéssemos voltar atrás... O que poderíamos fazer para alterar o destino... Muitas vezes a resposta está mesmo à nossa frente...

Mais sobre mim

Sigam-me

Follow

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D

Favoritos