Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sweet Haven by Me

Sweet Haven by Me

03
Jan18

Na minha estante #7

Sinopse

«No século de ouro dos Descobrimentos, quando Lisboa era a capital das riquezas exóticas, viveu a mais rica, culta e fascinante princesa da Europa: Leonor de Lencastre. Esta é a sua história. 
Em 1458 nasceu uma formosa infanta a quem chamaram Leonor. Destinada a ser rainha, a jovem cresceu e transformou-se na mais notável monarca que reinou em Portugal. Mas se a sua vida é uma inspiração, também foi um rosário de tragédias.
Casou com o primo, D. João II, mas o casamento não foi feliz. O Príncipe Perfeito passou o reinado em conflito com a nobreza que o tentou assassinar. A alegria por ver o marido sobreviver foi destroçada quando o seu próprio irmão é acusado de traição e morre às mãos do rei.
Mas a maior tragédia da sua vida chega quando o filho morre de forma suspeita. Acidente ou atentado? Na terrível dor de uma mãe que perde o filho, Leonor nem teve o apoio que esperava do rei: D. João II estava mais preocupado em colocar no trono o filho bastardo que tivera com outra mulher.» in Goodreads.

IMG_20180103_090827.jpg

Opinião

Este foi o primeiro romance histórico que li e nada melhor do que começar pela nossa própria história. Achei o livro bonito e de leitura fácil mas, e há sempre um mas, não me entusiasmou muito... Acho que este não é o meu género literário... Muita História num livro só... 

 

Dei 3 estrelas no Goodreads.

 

Este ano o objetivo é ler 12 livros.

 

Voltei a ler um pouco todos os dias quando vou para a cama, um hábito que descurei durante muito tempo, mais tempo do que era suposto e não mais quero deixá-lo pois é algo que me sabe mesmo bem. Vou também começar a trazer para o trabalho pois assim a hora de almoço irá passar mais rápido :-)

15
Dez17

Na minha estante #6

Sinopse

«Gretchen Rubin teve uma epifania numa tarde chuvosa e num lugar estranho: no autocarro. "Os dias são longos, mas os anos são curtos", ela percebeu. "O tempo está a passar e eu não me concentro o suficiente nas coisas que realmente importam". Naquele momento, ela decidiu dedicar um ano ao seu projeto de felicidade.

Nesta história animada e convincente, Rubin narra suas aventuras durante os doze meses. Ela passou a testar a sabedoria das eras, a pesquisa científica atual e as lições da cultura popular sobre como ser mais feliz. Entre outras coisas, ela descobriu que novidade e desafio são fontes poderosas de felicidade; que o dinheiro pode ajudar a comprar a felicidade, quando gasto com sabedoria. Esse controle externo contribui para a calma interior e que as mudanças mais pequenas podem fazer a maior diferença.» in Goodreads.

(imagem via Goodreads)

Opinião

Num dos blogs que eu leio (shame on me que não me lembro do nome) ela escreveu um post sobre o seu projeto de felicidade e eu achei a ideia super interessante. No momento da minha vida em que me estou a conhecer e a aprender a gostar de mim, nada melhor do que descobrir o que me faz realmente feliz. Encontrei este ebook no grupo "Happiness Project Portugal 2018" dedicado a este projeto e decidi que também eu iria fazer o meu. Objetivos claros e simples para perceber o que é realmente importante e o que me faz verdadeiramente feliz. Já tenho tudo anotado e espero que durante 2018 consiga ligar todas as pontas soltas e chegar ao fim do ano mais calma, serena e, claro, mais feliz :-)

O ebook está em inglês mas pelo que vi há uma versão em português mas que é difícil de encontrar. O ebook lê-se bem. É muito interessante e muito motivador :-)

Desafio a criar o seu projeto!!! <3

14
Dez17

Na minha estante #5

Sinopse

«Jean Perdu é proprietário de um negócio tão especial quanto extraordinário: a Farmácia Literária, uma livraria instalada num barco atracado no rio Sena, em Paris. Ao invés de vender medicamentos, receita livros como remédio para os males da alma. Porém, embora saiba aliviar a dor dos outros, não consegue atenuar a sua própria dor. O que Monsieur Perdu não sabe é que a descoberta de uma carta do seu passado está prestes a mudar-lhe o destino. Depois de a ler, Jean encontra-se numa encruzilhada: continuar uma existência sombria e dolorosa ou embarcar numa viagem ao Sul de França, até à Provença, ao encontro da reconciliação com o passado e da beleza da vida.» in Goodreads.

Sem Título.jpg

Opinião

Achei o inicio do livro super interessante, com uma escrita fácil e super cativante. Jean Perdu sabia sempre o que dizer e sabia sempre que livro aconselhar, gostava de entrar numa livraria e encontrar alguém como ele <3 O decorrer do livro foi muito giro mas o fim... sei lá... podia ter sido mais emotivo tal como foi o livro... Faltou algo...

 

Este não foi um ano de muitas leituras, li apenas 4 livros... Já há muito tempo que não lia tão pouco... Espero que 2018 seja bastante diferente e que volte a ter um ritmo jeitoso. Vou querer atingir a meta de 1 livro por mês. Para mim já vai ser um desafio mas que espero superar :-) 

 

Dicas para ler mais rápido? Que conselhos têm para me dar? 

17
Nov17

Na minha estante #4

Sinopse

«Margaret e Patrick estão casados há apenas alguns meses quando decidem partir para o Quénia, convencidos de que irão viver uma grande aventura em África. No entanto, Margaret depressa se apercebe de que não conhece os costumes complexos do seu novo lar e tão-pouco o homem que tem ao seu lado.
Quando, certo dia, um casal inglês os convida para escalar o monte Quénia, eles aceitam, entusiasmados, o desafio. Porém, durante a árdua subida, ocorre um terrível acidente e, no rescaldo da tragédia, Margaret ver-se-á enredada numa teia de dúvidas sobre o que se passou realmente na montanha. Estes acontecimentos, que a irão afetar profundamente, terão consequências indeléveis no seu casamento. Uma Promessa de Felicidade retrata-nos a relação de um casal, o impacto definitivo da tragédia e a natureza esquiva do perdão. Com uma linguagem soberba e uma enorme profundidade, Anita Shreve conduz-nos pelas paisagens exóticas de África, numa viagem até ao interior de nós mesmos.» in Porto Editora.

IMG_20171117_152223 (1).png

Opinião

Quando comecei a ler, adorei a história, a escrita e as personagens.

Mas confesso que o fim deixa muito a desejar, falta qualquer coisa... 

 

Este foi o último livro que li este ano... Tem sido um ano terrível para a leitura, não por falta de tempo mas mesmo por falta de disposição. As poucos estou a voltar ao ritmo e ainda bem pois tenho muitos livros na estante à espera de serem lidos :-P

11
Out17

Na minha estante #3

Sinopse

«O que farias se tivesses apenas um dia para viver? Até onde irias para salvar a tua própria vida? Samantha tem tudo: um namorado e três inseparáveis melhores amigas. 6ªfeira, dia 12 de Fevereiro, devia ser por isso mais um dia bom na sua vida. Nada faria suspeitar que iria ser o último… Ao viajarem no Range Rover de Lindsay, no meio de cigarros, i-pods, conversas sobre rapazes e ausência de cintos de segurança, o grupo de amigas sofre um brutal acidente, onde Sam encontra morte imediata. Nesse instante, passa-lhe pelos olhos um episódio de crueldade infantil que ela escondera bem no fundo do seu subconsciente. Tarde demais para remediar a situação: Sam sentiu o choque, a dor excruciante, a escuridão a envolvê-la e o mergulho num nada profundo. É, pois, com grande espanto que, na manhã seguinte, Sam acorda na sua cama, perfeitamente viva. Então percebe que teve uma segunda oportunidade. Sete oportunidades, na realidade, e durante sete dias repetidos.» in WOOK.

IMG_20170528_214139_816.jpg

Opinião

Confesso que estes livros em que as personagens principais são adolescentes não são de todo a minha onda. Houve uma altura do livro que só me apetecia andar à estala com ela lol No entanto o livro está muito bom, deixa-nos mesmo a pensar do que mudaríamos se pudéssemos voltar atrás... O que poderíamos fazer para alterar o destino... Muitas vezes a resposta está mesmo à nossa frente...

12
Set17

Na minha estante #2

Nada como começar o ano a ler o meu autor favorito, Carlos Ruiz Zafón com "O Labirinto dos Espíritos" o último da coleção do "Cemitérios dos Livros Esquecidos".

 

Sinopse

«Na Barcelona de fins dos anos de 1950, Daniel Sempere já não é aquele menino que descobriu um livro que havia de lhe mudar a vida entre os corredores do Cemitério dos Livros Esquecidos. O mistério da morte da mãe, Isabella, abriu-lhe um abismo na alma, do qual a mulher Bea e o fiel amigo Fermín tentam salvá-lo.
Quando Daniel acredita que está a um passo de resolver o enigma, uma conjura muito mais profunda e obscura do que jamais poderia imaginar planta a sua rede das entranhas do Regime. É quando aparece Alicia Gris, uma alma nascida das sombras da guerra, para os conduzir ao coração das trevas e revelar a história secreta da família… embora a um preço terrível.
O Labirinto dos Espíritos é uma história eletrizante de paixões, intrigas e aventuras. Através das suas páginas chegaremos ao grande final da saga iniciada com A Sombra do Vento, que alcança aqui toda a sua intensidade, desenhando uma grande homenagem ao mundo dos livros, à arte de narrar histórias e ao vínculo mágico entre a literatura e a vida. » in WOOK.

IMG_20170428_233426_233.jpg

Opinião

Sou suspeita porque como já disse este é o meu autor favorito. Adorei cada livro desta saga. Todos eles, à sua maneira me prenderam à leitura como nunca tinha acontecido com um livro. A escrita, a maneira como as diversas personagens se entre-ligam, as descrições, o mistério, as descobertas, faz com que seja perfeito :-) Aconselho vivamente a leitura. 

Aviso que se forem como eu, que leio à noite, vão ficar a dever umas boas horas à cama. Não é fácil parar de ler quando se está empolgado em saber mais e mais :-P

29
Ago17

Na minha estante #1

É um facto que eu adoro livros <3 Adoro o cheiro de um livro novo!!

 

Houve uma altura que adorava apenas vê-los na estante lol Até que um dia, agarrei num e comecei a ler, depois veio outro e outro e outro e agora tenho sempre de ter um na mesa de cabeceira. No entanto, eu demoro muito tempo a ler... Primeiro porque me habituei a ler na cama... à noite...  e desde que o BabyG nasceu o cansaço acumulado faz com que adormeça demasiado rápido (mesmo gostando da história)... Segundo, não tenho por hábito andar com o livro na mala mas é algo que quero mudar pois às vezes faz falta, principalmente à hora de almoço, e já que o tempo em casa é escasso ao menos aproveitava os tempos mortos... Terceiro, a reviravolta que a minha vida deu também não ajudou em nada, parece que a minha cabeça deu um nó e não me consigo concentrar a fazer nada... de nada... mesmo nada... Até no trabalho noto isso... Sinceramente está a ser difícil lidar com isto porque eu não era/sou assim... 

 

 

Em 2016 tinha-me proposto ler um livro por mês e superei, li 15!! Este ano quero igualar o ano anterior mas tenho a dizer que estou deveras atrasada, ainda só li 3 lolol Eu não sei como há pessoas que conseguem ler mais que 100... E para me ajudar a voltar aos bons hábitos, e como eu acho que devem ser partilhados, vou publicar aqui a minha opinião sobre os livros lidos. Aceito todas as vossas sugestões de bons livros pois eles nunca são demais :-P

Mais sobre mim

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D