Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sweet Haven by Me

Sweet Haven by Me

22
Mai18

Séries #9

Já muito se disse sobre esta série. Acabei de a ver no fim de semana e tudo o que disseram é verdade! A série é genial!! Muito bem pensada e muito bem conseguida, é de ficar agarrada ao ecran a dizer "Só mais um!".

Nuestros Hermanos estão de Parabéns!! E até brindaram os seus espectadores com um fadinho :-)

 

 

Fico a aguardar a 3º Temporada :-D

 

 

 

18
Mai18

Na minha estante #10

Sinopse

«Tentamos ficar em forma e ser saudáveis, mas o excesso de informação contraditória deixa-nos frustradas. As dietas vão e vêm, os treinos da moda também, e cada vez que o botão das calças não aperta e o espelho nos mostra o que não queremos ver, parece que não há solução. Com este livro, resultado de anos de investigação e estudo, é possível aprender a perceber o nosso corpo, escutando os seus sinais e sintomas, encontrando um caminho de equilíbrio, juventude e energia. Seja para perder aqueles quilos extra, seja para melhorar a autoestima, este é o livro que vem responder às dúvidas das pessoas que estão fartas de não ter controlo sobre a sua imagem e o seu bem-estar.» In Wook.

IMG_20180517_232049_721.jpg

Opinião

Este foi o livro que associei ao Happiness Project de Abril e fez todo o sentido. Foi neste mês que fiz o check up para ver se descobria de onde vinham as minhas cólicas e não obtive nenhum resultado em concreto. Foi-me aconselhado uma mudança de alimentação e um controlo do stress e ansiedade. Bem, este é um livro que vem falar disto mesmo. Tem boas dicas que nos ajudam a perceber como a nossa energia vital é afetada pelo o que nos envolve e a importância de encontrar-mos formas de melhorar esta energia para que o nosso corpo funcione como é suposto. Também tem algumas receitas que serão feitas nos próximos tempos ihihihihih.

17
Mai18

Pseudo-Escritório

Finalmente o destralhe do pseudo-escritório :-) Ou deverei chamar de "divisão-lixo"!? 

Por ser o quarto mesmo ao lado do meu, era o sitio ideal para ser o quarto do texuguinho e assim tinha uma grande motivação para finalmente destralha-lo.

 

Eu tinha caixas fechadas que tinha trazido de casa dos pais, na altura, à 6 anos e nunca lhes tinha mexido. Abri, espreitei e descartei. Apontamentos e mais apontamentos da faculdade, tudo para a reciclagem. Legislação e livros desatualizados, tudo para a reciclagem. Tretas e bugigangas, tudo para o lixo. Já nem me lembro da quantidade de sacos de lixo que de lá saíram. Foram mesmo muitos, tudo o que eu não sabia o que fazer mas que achava que ainda iriam ter utilidade, iam para esta divisão e como tinha sempre a porta fechada eu não tinha a noção da quantidade absurda de coisas. Uma completa acumuladora de tralha!!! O ex também lá tinha muita tralha, nem sei quantas vezes lhe pedi para ir ver dela, houve um dia que desliguei a tv e só disse "Não é amanhã, não e daqui a 5 minutos, é hoje e agora!" No meu limite consigo ser muito teatral lol Levou coisas de volta à casa da mãe e deitou outras fora.

 

No fim apenas ficaram:

- Os aparelhos de treino dele que foram para a marquise do quarto. Entretanto já não existem por razões óbvias...

- A secretária, cadeira e uma estante passaram para o quarto de hospedes. A secretária e a cadeira já não existem. Apenas guardei os livros e os dossiers com a documentação da casa e afins, de resto foi tudo para o lixo e a estante foi para a marquise da cozinha e serve para guardar os detergentes, aspirador, balde e afins.

- Uma segunda estante foi diretamente para dentro da despensa que precisava de arrumação e parece que foi feita à medida para o espaço, ainda hoje lá está e dá imenso jeito.

 

Esta era uma divisão cheia de energia morta que influenciava todo o resto da casa. A sério, é mesmo verdade. Desde que saiu todo aquele lixo (mais do que no resto da casa toda) que a casa ficou diferente, com uma energia renovada, com mais luz e mais limpa :-)

Com o passar do tempo eu percebi que nunca tinha cuidado da casa como deve ser... Sim eu destralhei e organizei mas não tinha identidade própria, parecia que não tinha vida, era só uma casa e eu queria um lar...

 

Este tem sido o meu projeto desde que me separei: tornar a casa num lar <3 Ainda tenho um longo caminho mas aos poucos está a ficar bem mais compostinha:-) 

 

Ao simplificar os nossos bens materiais estamos também a simplificar a nossa mente, toda a nossa percepção do que nos rodeia muda. Não podemos dar nada como adquirido, temos de aproveitar todos os dias o que está à nossa volta, temos de saber o que gostamos e não gostamos, o que queremos e não fazer, temos de agradecer o que temos, temos de aproveitar o que e quem nos rodeia.

 

Agora sim, eu percebo que o minimalismo é muito mais do que nos livrar das coisas em excesso, é muito mais que deixarmos o consumismo desenfreado, é muito mais que uma simples moda.

O minimalismo é livrar-nos do stress desta sociedade, é termos tempo para nós, é abrandar o ritmo de vida, é viver com mais liberdade, é dar atenção às coisas que o dinheiro não compra mas que nos fazem tão bem, que nos satisfazem, que nos enchem a alma, que nos dão a felicidade que tantas vezes procuramos nas coisas, é encontrar a nossa paz interior.

 

Mas uma coisa é certa: não há certo nem errado no minimalismo, cada pessoa é uma pessoa :-) E acima de tudo ninguém muda ninguém, eu posso falar da minha experiência mas não posso dizer que é a solução para os vossos problemas. 

 

Este é um caminho continuo :-D

Mais sobre mim

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Todo um mundo mágico...

Blog Afiliado da Wook. Ao comprarem livros por aqui estão a ajudar-me. Obrigada :-)

O que se lê agora

A Filha do Pescador