Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sweet Haven by Me

Sweet Haven by Me

28
Fev18

My Happiness Project - Fevereiro - Rewiew

O mês mais pequeno está no último dia logo é altura de fazer um balanço :-)

 

Vou seguir o mesma lógica que o mês passado, vou pegar nos pontos e comentar com o que aconteceu:

 

- Quando acontecer algo inesperado, não vou reagir por impulso mas sim respirar e só depois agir;

No inicio do mês ainda houve umas quantas vezes que reagi por impulso mas ao longo do mês a coisa melhorou e sinto que neste momento o meu impulso é respirar, baixo-me para ficar ao mesmo nível do Garoto e falo com calma mas de forma séria e ele tem percebido bem a mensagem :-)

 

- Berrar menos;

Sim, muito menos!!! Não vale a pena, ele assusta-se, chora mais, eu depois fico passada, mais nervosa e torna-se mais difícil de acalma-lo e o sentimento de culpa... Enfim, é toda uma bola de neve. Mas de vez em quando lá sai o berro, tornou-se numa exceção e não a regra por isso estou muito contente :-) Não li o livro "Berra-me baixo", não encontrei uma boa promoção por isso fica para a próxima...

 

- Descomplicar: As crianças são seres simples, nós, adultos, é que 98,5% das vezes complicamos tudo sem qualquer necessidade.

Sem sombra de dúvidas que é difícil pois nós, seres humanos adultos, a-do-ra-mos complicar tudo mas quando conseguimos descomplicar torna-se tudo tão mais fácil e tão natural. Ainda estou a aprender, noto que ainda há áreas em que a minha cabeça pensa em todos os cenários hipotéticos não reais mas enfim, estou a relaxar, sou mais prática e mais lógica e tem funcionado muito bem.

 

- Tempo de qualidade com o Garoto: Uma pessoa passa pouco tempo em casa e para além disso fim de semana sim, fim de semana não, ele não passa comigo por isso tenho de me organizar para quando estou com ele, estar mesmo com e para ele. Aproveitar para brincarmos os dois, passear mais, fazer programinhas diferentes, dar-lhe a atenção que ele precisa e que ele pede <3

Um grande SIM!!!! Depois de ele ir para a cama deixo tudo minimamente arrumado, de manhã levanto-me um pouco mais cedo (às vezes, aqui ainda falho muito) para deixar tudo organizado para quando chegar do trabalho ter tudo orientado e assim tenho menos para fazer e mais tempo para ele. Temos tido uns serões muito mais divertidos e a chegada da hora do banho já se faz sem birra pois ele sente que já aproveitou este tempinho comigo e fez o que queria lol Antes era horrível pois não lhe dava a atenção que ele pedia e chegada a hora do banho era um tormento pois só queria levar-me para o quarto para brincar. Claramente aqui estou super orgulhosa por ter conseguido organizar-me e ter criado uma rotina viável para nós os dois :-)

Os nossos fins de semanas têm tido bastante movimento! Normalmente ao Sábado vamos dar um passeio grande e ao Domingo ficamos pela ida ao parque e ficamos mais por casa. Acho que sair faz bem para conviver com outras pessoas e conhecer outros sítios (se bem que ele é pequeno e daqui a um par de meses já não se lembra mas não faz mal, voltamos a repetir) mas ficar em casa cria laços entre nós os dois que nem sei explicar. Nós pintamos, brincamos no quarto, vemos desenhos animados, saltamos na cama e lemos histórias. Tudo isto cria um ligação mais próxima que vejo nele toda a felicidade pura e verdadeira e só posso agradecer por isso <3

 

Como não li o "Berra-me baixo", reli o "Educar com Mindfulness" da Mikaela Ovén. Muitas coisas já implementava mesmo antes de ler a primeira vez, outras vou experimentar e outras vou deixar em stand by para quando eu própria estive mais mindfulness lol Mas aconselho a sua leitura pois tem coisas bastante interessantes.

 

E agora é tempo de olhar para o que o mês de Março nos reserva e continuar com o trabalho feito nestes últimos dois meses <3

27
Fev18

Maratona Óscares #5

Sinopse

«Chris (Daniel Kaluuya) é jovem negro que está prestes a conhecer a família de sua namorada caucasiana Rose (Allison Williams). A princípio, ele acredita que o comportamento excessivamente amoroso por parte da família dela é uma tentativa de lidar com o relacionamento de Rose com um rapaz negro, mas com o tempo, Chris percebe que a família esconde algo muito mais perturbador.»

 

Opinião

Assim que comecei a ver este filme lembrei-me logo do filme A Chave. E pronto estragou tudo pois a partir daí todo o filme foi deveras previsível. Para mim, Get Out é a versão moderna de A Chave e por isso nem devia estar na corrida ao melhor filme do ano...

 

P.S. Opah acho que não vou conseguir ver os filmes todos até à cerimónia de entrega dos prémios buhhhhhhhhhhh.

26
Fev18

Séries #3

Só porque hoje começa a segunda parte da 8ª temporada. Finalmente!!!!!

Neste momento da série não sei o que é pior: se os mortos vivos, se os vivos...

Confesso que ando um pouco triste com a série mas nem assim consigo deixar de a ver. Os episódios prometem muito mas depois esticam tanto a história que acaba por torná-los um pouco enfadonhos. A ver vamos como será esta segunda parte.

 

Para ver na FOX, às Segundas-feiras pelas 22h15m.

23
Fev18

Para bebés <3

A coisa mais difícil no ponto de cruz é escolher os esquemas mas a coisa piora quando estamos a bordar algo para bebés. A sério, é todo um mundo de esquemas e cada um mais bonito que o outro <3

Este babete já tem 6 anos e foi das poucas coisas que fotografei antes de oferecer. É estúpido, eu sei, mas fico tão contente quando acabo e depois esqueço-me de tirar a foto para ficar de recordação lol Tantos trabalho que apenas tenho na memória...

21
Fev18

Maratona Óscares #4

Sinopse

«Elio Perlman, de 17 anos, passa os dias na casa de campo dos seus pais, uma mansão do século XVII, a ouvir música, a ler e a nadar. Um dia, recebe a visita de um doutorando americano, que será o novo assistente do seu pai. Tal como Elio, Oliver tem ascendência judaica; é também jovem, belo e confiante. De início, Elio mostra-se frio e distante mas, à medida que o Verão avança, a atração entre ambos torna-se mais intensa.»

 

Opinião

Tem por base algo muito usado no cinema: um sítio lindo, bom tempo de verão e uma paixão entre um adolescente e uma pessoa mais velha. Com a diferença que aqui fala-se da homossexualidade.

O filme passa-se na década de 80 onde este tema ainda era tabu. Um amor entre Elio (Timothée Chalamet - que também entrou no Lady Bird) um adolescente ainda confuso na sua orientação sexual e o assistente do pai Oliver (Armie Hammer) que passa despercebido aos olhos de muitos, menos dos pais. O papel do pai de Elio é lindo (Michael Stuhlbarg), acho que ainda hoje há poucos pais assim...

O único ponto negativo foi a escolha de Armie Hammer, apesar de gostar muito dele acho que a voz de intelectual poderoso numa figura de atlético meio maluco não joga muito bem lol 

Mas este é mesmo o único ponto negativo porque eu adorei o filme, acho mesmo que devia ganhar o Óscar <3

 

P.S. Um dia eu tenho de fazer uma roodtrip por Itália, cada vez mais apaixonada lol

Pág. 1/3

Mais sobre mim

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Todo um mundo mágico...

Blog Afiliado da Wook. Ao comprarem livros por aqui estão a ajudar-me. Obrigada :-)

O que se lê agora

A Filha do Pescador